A Física num salto de bungee jump

Saltando de bungee jump
A energia cinética de um praticante de bungee jump aumenta durante a queda livre; em seguida, a corda
começa a esticar, desacelerando o atleta.
(KOFUJIWARA!amana images/Getty Images
News and Spon Services)

Uma das tarefas da Física é identificar os diferentes tipos de energia que existem no mundo, especialmente os que têm utilidade prática. Um tipo comum de energia é a energia potencial U. Tecnicamente, energia potencial é qualquer energia que pode ser associada à configuração (arranjo) de um sistema de objetos que exercem forças uns sobre os outros.

Esta é uma definição muito formal para algo que na verdade é extremamente simples. Um exemplo pode ser mais esclarecedor que a definição. Um praticante de bungee jump salta de uma plataforma (figura ao lado). O sistema de objetos é formado pela Terra e o atleta. A força entre os objetos é a força gravitacional. A configuração do sistema varia (a distância entre o atleta e a Terra diminui, e isso, é claro, é que toma o salto emocionante). Podemos descrever o movimento do atleta e o aumento de sua energia cinética definindo uma energia potencial gravitacional U. Trata-se de uma energia associada ao estado de separação entre dois objetos que se atraem mutuamente através da força gravitacional, no caso o atleta e a Terra.

Quando a corda elástica começa a esticar no final do salto, o sistema de objetos passa a ser formado pela corda e o atleta (a variação de energia potencial gravitacional passa a ser desprezível). A força entre os objetos é uma força elástica (como a de uma mola). A configuração do sistema varia (a corda estica). Podemos relacionar a diminuição da energia cinética do saltador ao aumento do comprimento da corda definindo uma energia potencial elástica U. Trata-se da energia associada ao estado de compressão ou distensão de um objeto elástico, a corda, no caso.

A física ensina como calcular a energia potencial de um sistema, o que ajuda a escolher a melhor forma de usá-la ou armazená-la. Antes que um praticante de bungee jump inicie um salto, por exemplo, alguém (provavelmente um engenheiro mecânico) precisa verificar se a corda que será usada é segura, determinando a energia potencial gravitacional e a energia potencial elástica que podem ser esperadas. Caso os cálculos sejam bem feitos, o salto pode ser emocionante, mas não fatal.

Disponibilidade do Material

Esta curiosidade e várias outras encontram-se no livro “Fundamentos de Física”. A Biblioteca Setorial do CCAE conta com 1 exemplar deste material na unidade de Rio Tinto. Utilize a consulta ao acervo* para verificar a disponibilidade do mesmo.

* Na página de consulta, você será direcionado ao SIGAA, que reúne o acervo de todo o Sistema de Bibliotecas da UFPB. Para buscar apenas nas Bibliotecas do CCAE faça o seguinte:

  1. No campo biblioteca selecione “CCAE – Biblioteca Setorial do CCAE“;
  2. No campo coleção selecione:
  • CCAEMM – Acervo CCAEMM” para efetuar buscas na unidade de Mamanguape
  • CCAE – Acervo CCAE” para efetuar buscas na unidade de Rio Tinto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *